Pesquisar este blog

Translate This Post

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Confira cronograma do switch-off para Capitais em 2018

O desligamento do sinal analógico no Brasil completou um ano e segue a todo vapor por todas as regiões do país. As próximas datas previstas pelo Gired são para a próxima semana, 29 de novembro, quando serão desligados Ribeirão Preto, Campinas, Vale do Paraíba, Santos e Franca, no interior de São Paulo.


Confira abaixo o cronograma de desligamento nas Capitais atualizado, com curadoria do Grupo de Switch-off da SET.

Belo Horizonte
22/11/2017


Boa Vista
Desligamento previsto 28/11/2018
Campo Grande
Desligamento previsto 28/11/2018
Cuiabá
Desligamento previsto 28/11/2018
Curitiba
Desligamento previsto para 31/01/2018
Florianópolis
Desligamento previsto para
31/01/2018
João Pessoa
Desligamento previsto para
30/05/2018
Macapá
Desligamento previsto 28/11/2018
Maceió
Desligamento previsto para
30/05/2018
Manaus
Desligamento previsto para 30/05/2018
Natal
Desligamento previsto para 30/05/2018
Palmas
Desligamento previsto 28/11/2018
Porto Alegre
Desligamento previsto para 31/01/2018
Porto Velho
Desligamento previsto 28/11/2018
Rio Branco
Desligamento previsto 28/11/2018
São Luís
Desligamento previsto para 28/03/2018
Teresina
Desligamento previsto para 30/05/2018
Belém
Desligamento previsto para 30/05/2018
Aracaju
Desligamento previsto para 30/05/2018

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

ADIADO DESLIGAMENTO DA TV ANALÓGICA EM CIDADES DO INTERIOR PAULISTA

Emissoras de duas cidades do interior paulista vão ter de esperar para desligar o sinal analógico de TV aberta. O Grupo de Implantação da TV Digital (GIRED) decidiu no dia 28 que Ribeirão Preto e Franca só puxam da tomada as antenas antigas em 31 de janeiro.
 Em Santos, o desligamento acontece em 20 de dezembro. E em Campinas e no Vale do Paraíba, em 17 de janeiro.
Pesquisas encomendadas pelo grupo demonstraram que a TV digital ainda não é acessível por 90% das casas nessas localidades, porcentual mínimo definido como meta para efetuar o switch off. Em Santos, 89% das casas têm sistemas de TV digital (ou conversor ou TV já compatível). 
Em Campinas e no Vale do Paraíba, 88%. Em Ribeirão Preto, 84%. Franca apresentou a margem mais baixa de casas com TV aptas: 80%.
Com o desligamento do sinal analógico, haverá a liberação da faixa de 700 MHz, atualmente ocupada por canais de TV aberta em tecnologia analógica. Essa radiofrequência será utilizada para ampliar a disponibilidade do serviço de telefonia e internet de quarta geração (4G LTE) no Brasil.
A Região Sul será a próxima a ter o sinal analógico desligado. O desligamento em Curitiba, Florianópolis e Porto Alegre está previsto para ocorrer no dia 31 de janeiro de 2018.